Atrativos Históricos, Culturais e Religiosos

MUSEU DO MILÊNIO

Criado com o intuito de resgatar e preservar a memória e história do imigrante ucraniano foi inaugurado em 1989, com a exposição temporária “Os ucranianos em Prudentópolis”, mostrando a arte sacra, artesanato, folclore, educação e instituições. O seu acervo é composto por objetos de uso tradicionais, artesanato típico, documentos, fotografias e livros relacionados ao povo ucraniano. No Museu também é possível obter maiores informações e acesso às algumas Igrejas do centro da cidade.
Endereço: Rua Cândido de Abreu, s/n. Atendimento: nas segundas, terças, quintas e sextas-feiras. De manhã das 09h às 11h e à tarde das 14h às 17h. Nos fins de semana, atendimento mediante prévio agendamento.
Contato para agendamento: (42) 3446-3327/ whatsapp: (41) 9.9621-0527 Redes Sociais Facebook: https://www.facebook.com/museudomilenioprudentopolis/ Instagram: https://www.instagram.com/museudomilenio/

MUSEU HISTÓRICO DAS IRMÃS SERVAS DE MARIA IMACULADA

O Museu Histórico das Irmãs Servas de Maria Imaculada foi fundando no ano de 2010 em comemoração ao centenário da Congregação no Brasil, e a abertura para a visitação ocorreu no ano de 2014. O Museu através de seu acervo mostra a trajetória da Congregação desde sua chegada ao Brasil até os dias atuais. O acervo retrata as três principais atividades: Educação, Cuidado com os Enfermos e Zelo com a Casa do Senhor. O Museu contém no total: 23 ambientes de exposição, uma sala de projeção e banheiros. A visitação ocorre de forma guiada e expositiva, iniciando com a apresentação de um documentário que aprofunda a história da Congregação das Irmãs Servas de Maria Imaculada. Atendimento: de segunda a sexta-feira das 8h30min às 11h30min/ 13h às 17h, sábados das 8h30min às 11h30, domingos e feriados mediante agendamento Contato:
Contato: (42) 3446-1391 Contato para agendamento: Whatsapp (42) 9.9990-5219 E-mail: museuhistoricosmi@gmail.com

PRAÇA UCRÂNIA

Complexo histórico-cultural construído pela comunidade ucraniana entre os anos de 1986 a 1989. O monumento tem uma área construída de 460 m2. O lançamento da pedra fundamental deu-se em 12 de agosto de 1986, início das comemorações do milênio do cristianismo na Ucrânia, 90º aniversário da imigração ucraniana em Prudentópolis e 175º aniversário de nascimento do poeta Taras Chewtchénko, filho da Ucrânia, homenageado na praça com uma estátua de bronze de 3 metros de altura, esculpida na Alemanha. Endereço: Rua Cândido de Abreu s/n, esquina com a rua São Josafat. Visitação: Aberto a visitação pública permanente.


COLÉGIO E SEMINÁRIO SÃO JOSÉ

Imponente arquitetura em estilo eclético. Fundado em 1935 pelos padres Basilianos (OSBM) funciona como estabelecimento de ensino particular de regime interno pertencente a uma instituição religiosa do Rito Católico Oriental Ucraniano. O Colégio possui uma área total de 11.258 m², sendo 5.239 m² de área construída.
Endereço: 
Rua Cândido de Abreu, 1636, Centro Telefone: (42) 3446-2212 Visitação: Somente mediante autorização da diretoria do Seminário.

TIPOGRAFIA PRUDENTÓPOLIS

Prédio em estilo moderno, construído em 1952 e ampliado em 1980. Abriga parte dos equipamentos utilizados no sistema de tipografia (“letra por letra”) com tipos importados da Europa que serviram para produzir, a partir de 1912, o jornal “Prácia” (“O trabalho”), primeiro em língua ucraniana, com o objetivo de elevar o nível cultural e informar sobre os acontecimentos internacionais, dos brasileiros e ucranianos. Considerado atualmente o jornal mais antigo do país ainda em circulação. Endereço: Rua Cândido de Abreu, 1579, Centro. Telefone: (42) 3446-1396 Visitação: Somente mediante agendamento.

TÚMULO DA MADRE ANATÓLIA (MORREU EM ODOR DE SANTIDADE

Irmã Anatólia Tecla Bodnar nasceu no dia 29 de março de 1884, em Zhuzhel, Ucrânia Ocidental. Batizada com o nome de Tecla, recebeu de seus pais, uma sólida educação cristã.Tecla tinha oito anos de idade quando foi testemunha ocular da fundação em Zhuzhel da Congregação das Irmãs Servas de Maria Imaculada, na qual ingressou em 29 de abril de 1902 adotando o nome de ANATÓLIA. Ela foi uma das sete Irmãs pioneiras que chegaram ao Brasil em 1911, consagrando-se totalmente ao bem do próximo e atendendo com extrema caridade e abnegação aos doentes e abandonados. Alma de oração e sofrimento buscava suas forças em Jesus Crucificado e na Eucaristia. A Imaculada Mãe de Deus foi seu modelo guia e proteção. De saúde frágil nos dois últimos anos de sua vida ficou presa ao leito por motivos de uma gangrena incurável. Sofria dores atrozes, mas conformada, oferecia-as pelos outros, principalmente pelos sacerdotes. Faleceu no dia 16 de fevereiro de 1956. Foi sepultada no cemitério da Paróquia São Josafat, em Prudentópolis – PR. E são numerosas as graças recebidas por todos aqueles que confiam na sua intercessão em todas as necessidades da vida. Para homenagear seu exemplo de vida religiosa, fundou-se a Casa da Memória Serva de Deus Irmã Anatólia Tecla Bodnar, SMI que busca oferecer acolhida, escuta e oração, resgatando os valores deixados pela Serva de Deus Irmã Anatólia Tecla Bodnar.

MARCO DA PRIMEIRA IGREJA UCRANIANA E PRAÇA DO IMIGRANTE

1887-1987 – Nesta Praça, foi erigido um cruzeiro por ocasião do centenário da imigração ucraniana a Prudentópolis, local da primeira Igreja Ucraíno Católica de São Basílio de Prudentópolis.
Endereço: Rua Rui Barbosa, s/n, Rodoviária Municipal. 

PORTAL DA CIDADE

Localizado em uma das entradas do município (BR 373), possui uma composição que busca representar elementos presentes na cidade como o pinhão, símbolo do Paraná e a cúpula abobadada, característica das igrejas em estilo bizantino do Rito Católico Oriental Ucraniano, comuns na cidade. Endereço: Entrada principal da cidade. Rua São Josafat, s/n. Visitação: Aberto a visitação pública permanente.

CEMITÉRIO PARÓQUIA SÃO JOSAFAT

Nos primeiros anos da imigração, os ucranianos eram sepultados no Cemitério Municipal. Segundo relatos de pessoas mais idosas, durante a gestão do diretor da Colônia Prudentópolis Dr. Cândido de Abreu, a pedido dos imigrantes e do Pe. Silvestre Kyzema, OSBM foi lhes doado um terreno para o Cemitério Paroquial. O terreno foi desmatado e cercado por uma vala. Houve então a benção do terreno na presença de grande número de fiéis. Os imigrantes na ocasião, ainda moravam em barracas e aguardavam a delimitação dos seus terrenos nas diferentes linhas. Com o passar dos anos foi cercado com muro e um portal. Adquirido mais terreno e construído uma moderna capela mortuária.

CASAS DE MADEIRA

Elementos componentes, sobretudo, da paisagem rural do município, as casas em madeira são construções simples, de pequeno porte destacando-se pelo aspecto bucólico, o colorido variado e por representarem aquela que é considerada a arquitetura mais importante que se fez no Paraná, a arquitetura da madeira, decorrente das imigrações ucraniana, polonesa, italiana e alemã, representam também uma memória do Ciclo da Madeira.
Localização: 
Principalmente no interior do município, próximo às Linhas Municipais. Visitação: Mediante autorização dos proprietários. Podem ser observadas durante o percurso para os atrativos naturais.

Prudentópolis “Capital da Oração”

No dia 17 de dezembro de 2020 através da Lei Estadual Nº20439 Prudentópolis recebeu o título de “Capital da Oração”.
Prudentópolis, cidade conhecida pelas suas histórias de fé, por sua religiosidade, pela beleza arquitetônica de seus templos, onde a cultura e a religião andam juntas, atraindo as pessoas dos mais diversos lugares para vir conhecer e visitar estes produtos turísticos.
Prudentópolis é um exemplo entre os muitos destinos de turismo religioso que merecem ser visitados no Paraná, onde a maioria da população são descendentes de imigrantes ucranianos e poloneses. A cidade tem belas igrejas caracterizadas internamente pelos seus ícones e externamente pelas suas cúpulas em estilo Bizantino. Um dos pontos altos das celebrações religiosas em Prudentópolis é no período da Páscoa, quando a população celebra de acordo com a tradição ucraniana, começando na sexta-feira Santa com o Santo Sudário e no sábado, quando os fiéis se reúnem em torno da Igreja de Josafat para a tradicional bênção de alimentos. A tradição da cultura ucraniana associada à Páscoa é fortalecida quando se trocam os votos “Hréstos Voskrés” (Cristo ressuscitou) e “Voístenu Voskrés” (Em verdade ressuscitou).
A força do núcleo religioso que colonizou a região foi determinante para construir a história de Prudentópolis. Foi a Igreja que manteve os pioneiros unidos e protegidos, organizando os grupos que até hoje estimulam o uso do idioma, o artesanato típico – bordados e pêssankas (ovos que têm as cascas inteiramente pintadas à mão com delicadas figuras geométricas e entregues a amigos e parentes no período Pascal), a culinária e a dança para citar as expressões culturais mais relevantes. Em todo o município, são mais de 50 igrejas e capelas Católicas do Rito Bizantino e mais 70 igrejas e capelas do Rito Católico Latino.
O grande destaque é a Igreja Matriz São Josafat, que no ano de 1979 foi tombada pela Secretaria de Cultura do Estado como patrimônio artístico e cultural do Paraná. A matriz está instalada em um amplo terreno, de jardim impecável. No interior, painéis de madeira com passagens bíblicas separam o Santuário da nave dos fiéis. Seguindo a tradição, o padre celebra a missa de costas para os presentes, na língua ucraniana. Construída entre os anos de 1925 a 1928, a Matriz de São Josafat (um dos padroeiros da Cidade) foi esforço dos primeiros padres Basilianos vindos para o Brasil. Possui 38 metros de comprimento, 28 de largura e 30 de altura. A igreja possui 4 abóbadas representando cada uma os braços da cruz e uma central, bem maior, cobrindo a nave da igreja. A arte dos trabalhos de entalhe em madeira, o artesanato das toalhas bordadas nos altares, as relíquias trazidas da Ucrânia podem ser apreciadas no interior da igreja. O púlpito é outra arte, todo em madeira representando um barco com sua rede de pesca, peixes em madeira, velas e cordas, uma referência ao apóstolo São Pedro. Possui em seu campo, um campanário, com seis sinos, uma estátua de Cristo e uma gruta, com a imagem de Nossa Senhora de Lourdes.
Além das Igreja e Capelas do Rito Ucraniano a comunidade preserva dois museus particulares, um que conta a história da Imigração Ucraniana ao Brasil (Museu do Milênio) e outro que fala da vinda das Irmãs Servas de Maria a Prudentópolis (Museus Histórico das Irmãs Servas de Maria Imaculada).
No Rito Latino destacamos a Igreja Matriz São João Batista, construída em estilo colonial em 1900, onde antes fundada a primeira capela do Rito Ocidental Romano ou Rito Latino, dedicada a São João Batista pelo padre Antonio Ryman, vindo da Polônia. Em seu altar destaca-se a imagem do padroeiro da Cidade São João Batista. Acompanhado do padre, vieram também algumas famílias de imigrantes poloneses que se estabeleceram na colônia em busca de terras para a prática da agricultura e pelo clima da região que era parecido com o clima europeu. Traziam consigo toda a fé e sua religiosidade cristã, misturando-se aos demais brasileiros e imigrantes ucranianos e alemães. Padre Antonio Ryman foi o primeiro vigário da Igreja de São João Batista. A igreja Matriz é o marco central da cidade pois ali iniciou-se o Município com a doação do terreno da Igreja Matriz pelo fundador Firmo Mendes Queiroz. Igreja São João Batista é uma das principais e a mais tradicional referência religiosa do Município de Prudentópolis, onde as celebrações são realizadas no rito latino. Em 07 de junho de 1906 a capela tornou-se paróquia e em 1915 realizou-se a primeira edição dos festejos em louvor a São João Batista, que popularmente chamamos de “barraquinhas” (Festa de São João Batista, 24 de junho, com dez dias de festa).
“A devoção a São João Batista começou em nosso município, com D. Emília – esposa de Firmo Mendes de Queiroz, fundador de Prudentópolis, há mais de 100 anos. Conta a história, que D. Emília mantinha a imagem de São João Batista, num canto da sala, numa prateleirinha. E, que aos vintes e quatro de junho, reuniram-se toda a família e a vizinhança para comemorar. Em volta de uma caieira, ao som do barulho dos rojões, a caneca de quentão corria de mão em mão”. No ano de 2015 foi comemorado o centenário da Festa de São João Batista.
Também devemos destacar o Santuário Nossa Senhora das Graças que no ano de 2018 completou 60 anos de devoção. Construída na década de 1950, com seu estilo gótico, possui no seu interior um altar-mor, ricamente trabalhado em mármore que abriga uma imagem de Nossa Senhora das Graças, esculpida especialmente para este templo. O que se destacam também são seus vitrais com as imagens de Nossa Senhora do Rosário e da Sagrada Família Durante muitos anos, as novenas eram realizadas dentro da Igreja que ficava lotada de fiéis que chegavam de todas as comunidades do município.
No dia 20 de novembro de 2019, a cidade de Prudentópolis foi presenteada com um dos ícones de maior devoção do povo Brasileiro, a imagem de Maria, sob o título de Nossa Senhora das Graças, imagem consagrada do Santuário.  Foi instalada sobre o teto da sala dos milagres, também inaugurada recentemente. Com quatro metros de altura e com traços delicados, em uma mistura de arte e religiosidade, a imagem foi confeccionada com a ajuda e a pedido dos fiéis numa forma de agradecimento por graças alcançadas.

IGREJA MATRIZ SÃO JOSAFAT

Em estilo Bizantino é considerada uma das mais belas do país. Construída entre os anos de 1928 a 1939, a Matriz de São Josafat foi esforço dos primeiros padres Basilianos vindos para o Brasil. Possui 38 metros de comprimento, 28 de largura e 30 de altura. A igreja possui 4 abóbadas representando cada uma os braços da cruz e uma central, bem maior, cobrindo a nave da igreja.
A arquitetura interior é dividida nas três clássicas divisões das igrejas cristãs. O vestíbulo ou átrio dos catecúmenos; o lugar onde nas antigas igrejas ficavam os não professores e pagãos; a nave ou corpo principal da igreja onde todos os cristãos se reúnem. O sacrário ou santuário, onde fica o altar mor, as relíquias e a cátedra do oficiante é dividido da nave pelo magnífico Ikonostás uma coleção de ícones sacros executados em Munique e entalhados em madeira.
A arte dos trabalhos de entalhe em madeira, o artesanato das toalhas bordadas nos altares, as relíquias trazidas da Ucrânia podem ser apreciados no interior da igreja. O púlpito é outra arte, todo em madeira representando um barco com sua rede de pesca, peixes em madeira, velas e cordas, uma referência ao apóstolo São Pedro.
Tombada em 1979 pela Secretaria de Cultura do Estado do Paraná, como patrimônio artístico e cultural do Paraná, possui em seu campo, um campanário, com seis sinos, uma estátua de Cristo e uma gruta, com a imagem de Nossa Senhora de Lourdes.
Endereço: Rua São Josafat, s/n.
Telefone: (42) 3446-1140.
Visitação: mediante agendamento.Página no Facebook: https://www.facebook.com/saojosafat/

SANTUÁRIO NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS 

Construído na década de 1950 em estilo gótico, possui no seu interior um altar-mor, ricamente trabalhado em mármore que abriga uma imagem de Nossa Senhora das Graças, esculpida especialmente para este templo. As novenas são realizadas as quarta-feira e ficam lotadas de fiéis que chegavam de todas as comunidades do Município. No dia 20 de novembro de 2019, a cidade de Prudentópolis foi presenteada com uma imagem de Nossa Senhora das Graças, que foi instalada sobre o teto da sala dos milagres. Com quatro metros de altura e com traços delicados, em uma mistura de arte e religiosidade, a imagem foi confeccionada com a ajuda e a pedido dos fiéis numa forma de agradecimento por graças alcançadas. A sua festa é festejada no dia 27 de novembro onde a data se antecede com novenas e tríduos religiosos.

A sala dos milagres fica aberta todos os dias das 7h às 18h
O Santo Terço é rezado todas as terças – feiras às 19h
Nas segundas, quartas e sextas-feiras, às 19h, são rezadas as missas
No domingo, são duas as celebrações no santuário: às 10h e às 19h
Endereço: Rua Cândido de Abreu, 1312, centro.
Telefone: (42) 3446-1450

IGREJA MATRIZ SÃO JOÃO BATISTA

Em 1900, foi fundada a primeira capela do Rito Ocidental Romano ou Rito Latino, dedicada a São João Batista pelo padre Antonio Ryman, vindo da Polônia. Vieram com ele também algumas famílias de imigrantes poloneses que se estabeleceram na colônia em busca de terras para a prática da agricultura e pelo clima da região que era parecido com o clima europeu. Traziam consigo toda a fé e sua religiosidade cristã, misturando-se aos demais brasileiros e imigrantes ucranianos e alemães. Padre Antonio Ryman foi o primeiro vigário da Igreja de São João Batista. Localizada na Praça Firmo Mendes de Queiroz onde se encontra o marco Zero da Cidade.

A Festa em louvor ao Padroeiro é realizada no dia 24 de junho, data que se antecede de novenas e festejos ao santo com fogos e barraquinhas de São João. Festa centenária onde inicialmente as novenas eram realizadas dentro da Igreja que ficava lotada de fiéis que chegavam de todas as comunidades do município. A liturgia e os cantos em louvor ao padroeiro sempre animados pelos grupos das comunidades do interior que participavam com oração e cantos usando os mais variados instrumentos musicais. O acordeom tornou-se um dos instrumentos tradicionais na região e, nas celebrações religiosas, foi facilmente incorporado em Prudentópolis, já com a adesão de novos ritmos e arranjos brasileiros.

As barraquinhas com vendas dos produtos típicos são instaladas no pavilhão e ao redor da Igreja. No início, estas eram construídas de madeira, de forma improvisada. Com o passar do tempo, foi adotada uma estrutura para a montagem das mesmas com cobertura de lona ou tecido de seda. Esta mudança teve o propósito de oferecer maior conforto e segurança tanto para os vendedores quanto para os visitantes.


Página no Facebook:
https://www.facebook.com/paroquiadeprudentopolis/ Endereço: Av. São João, s/n, Praça Firmo Mendes de Queiroz. Telefone: (42) 3446-1450

Atualizado em: 01/09/2021